Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.animaeducacao.com.br/handle/ANIMA/10132
Título: Política de afetos no trabalho: sentidos atribuídos por profissionais de uma maternidade da região metropolitana da grande Florianópolis
Autor(es): Dal Moro, Flavia
Orientador: Pretto, Zuleica
Tipo de material: Artigo Científico
Data: 2018
Palavras-chave: Espinosa
Afetividade
Potência
Trabalho
Tipo de acesso: Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
Resumo: O presente estudo se propõe avaliar as práticas organizacionais em consonância com a teoria dos afetos, abordada por Espinosa, renomado teórico racionalista no século XVII. Espinosa considera a afetividade como um fator gerador da orientação para a ação dos indivíduos em todos os âmbitos de sua vida, o que torna possível afirmar que também está presente nas relações de trabalho. O objetivo central da pesquisa foi identificar o sentido que os profissionais de uma maternidade da Região Metropolitana da Grande Florianópolis atribuem à afetividade nas relações de trabalho. A abordagem do estudo utilizou-se de técnicas quantitativas e qualificativas. O instrumento de coleta foi realizado a partir de um questionário, formulado com perguntas fechadas, contudo possui duas perguntas abertas, nas quais os entrevistados tiveram liberdade para expressar suas respostas. Os resultados obtidos evidenciaram que as relações de trabalho para os trabalhadores geram poderosos afetos e comportam diferentes visões conforme a experiência profissional e as expectativas pessoais. O sentimento da afetividade nas relações de trabalho é de extrema relevância entre os participantes, pois eles não revelaram apenas uma visão de trabalho vinculada a remuneração, mas também relacionada a construção de relações sociais, e criação de vínculos emocionais, aspectos que pode tornar o mundo corporativo mais potente, agradável e produtivo.
Aparece nas coleções:Psicologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo.pdfArtigo Científico - Flavia Dal Moro486.79 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons