Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.animaeducacao.com.br/handle/ANIMA/12792
Título: Autopercepção da capacidade funcional de idosos praticantes e não praticantes de musculação
Autor(es): Schmidt, João Victor
Orientador: Lucca, Leonardo de
Tipo de material: Artigo Científico
Data: 2019
Palavras-chave: Treinamento resistido
Idoso
Atividades da vida diária
Resumo: Este estudo teve como objetivo verificar a autopercepção da capacidade funcional de idosos praticantes e não praticantes de musculação. a amostra foi composta de 10 idosos na faixa etária de 60 a 99 anos praticantes de musculação há mais de 6 meses e 10 idosos não praticantes. Foi aplicado um questionário denominado de “questionário de autopercepção da capacidade funcional, com a escala proposta por andreotti e okuma (1999), para avaliar a auto percepção do desempenho de atividades instrumentais da vida diária. Esta escala é constituída de quarenta itens que descrevem várias atividades instrumentais da vida diária. As atividades básicas da vida diária estão descritas nos itens 1 a 15 e as atividades instrumentais, dos itens 16 a 40. Os idosos praticantes de musculação apresentaram CFA (capacidade funcional autopercebida) significativamente maiores que os não pratica ntes (151,3 ± 7,4 vs 123,2 ± 19,2; p<0,05). Os resultados apontam que a capacidade funcional dos idosos praticantes de musculação foi muito boa, e os idosos não praticantes foi classificada como boa.
Aparece nas coleções:Educação Física- Bacharelado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
artigo Autopercepção da capacidade funcional de idosos praticantes e não praticantes de musculação (2).pdfartigo, João Victor Schmidt339.24 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons