Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.animaeducacao.com.br/handle/ANIMA/14651
Título: O uso da terapia por contensão induzida na recuperação de pacientes pós AVE
Autor(es): Kracizy, Bruna Ortiz
Braz, Jéssica Luize
Orientador: Rabello, Lucas Maciel
Tipo de material: Monografia
Data: 25-Jun-2021
Palavras-chave: AVC
AVE
Neuroplasticidade
Reorganização Cortical
Reabilitação fisioterapêutica
Terapia por contensão induzida
Modalidade de acesso: Acesso aberto
Resumo: O acidente vascular cerebral (AVC) é um distúrbio circulatório que ocasiona um déficit transitório ou definitivo do funcionamento do cérebro, podendo ser em uma ou mais partes. Esta patologia pode ocorrer de forma isquêmica, quando geralmente uma artéria no cérebro é obstruída por um coágulo sanguíneo ou por um depósito de gordura devido a aterosclerose, ou ele pode ocorrer de forma hemorrágica, quando um vaso ou veia se rompe dentro do cérebro e causa um extravasamento ou edema na região. Por se tratar de um assunto que possui pouca clareza relacionada à plasticidade neural após a lesão, esta revisão bibliográfica busca atualizar nosso conhecimento sobre a relação entre aprendizado de novas funções e a capacidade de adaptação com o objetivo de recuperar a função perdida, portanto há diversas técnicas fisioterapêuticas para o tratamento das sequelas nos pacientes após o AVC, sendo uma delas a terapia por contensão induzida. O objetivo desta revisão bibliográfica foi apresentar os efeitos da TCI nos membros superiores de pacientes pós-AVC e descrever sobre os métodos utilizados na reabilitação fisioterapêutica que estimulam a neuroplasticidade e, consequentemente, contribuem para a recuperação funcional de pacientes com AVC e mostrar a importância de iniciar o tratamento fisioterapêutico precocemente, estimulando o cérebro á recuperar e reorganizar suas funções. O presente estudo trata-se de uma revisão bibliográfica que inclui artigos publicados até junho de 2020 em plataforma acadêmica como Scientific Electronic Library Online (SCIELO) e Google Acadêmico. Como critério de inclusão deste estudo, utilizou-se artigos publicados em acesso livre, artigos publicados em português e artigos clássicos referentes ao tema do trabalho. Os achados dos estudos incluídos mostram que a TCI apresenta resultados positivos no pós tratamento, mostrando ser uma técnica que melhora e auxilia o paciente em suas atividades de vida diária , proporcionando uma maior independência e autonomia. Considerações finais: Os estudos incluídos evidenciaram que os pacientes tiveram resultados positivos no pós tratamento com o uso da terapia de contensão induzida, que proporcionou ganhos de força, muscular e amplitude de movimento, gerando melhora na mobilidade, sensibilidade e função motora.
Aparece nas coleções:Fisioterapia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCC BRUNA E JESSICA.pdf931.67 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir
Termo de autorização.docx
  Until 9999-12-30
26.14 kBMicrosoft Word XMLVisualizar/Abrir    Solictar uma cópia


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons