Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.animaeducacao.com.br/handle/ANIMA/17019
Título: Percepção da aptidão física e atividade física de escolares e praticantes de futsal
Autor(es): Becker, Pedro Nuncio
Costa, Saulo Albino
Orientador: Matos, Philipe Guedes
Tipo de material: Artigo Científico
Data: 2020
Palavras-chave: Adolescentes
Aptidão física
Futsal
Modalidade de acesso: Acesso aberto
Resumo: This study aims to verify the perception of physical fitness and physical activity among male adolescents aged 11 to 13 years old who practice school physical education and those who used to practice extracurricular futsal regularly before the pandemic COVID-19. The research is characterized by a descriptive and comparative level, with a quantitative and cross-sectional approach. The sample consisted of 20 students of the School of Basic Education Dr. Miguel de Patta, with 10 students attending the City Sports Commission (G1) and 10 who perform Physical Education curriculum and daily activities (G2). The assessment of the students' perception of physical fitness and physical activity was determined through an online and face-to-face questionnaire. After collecting the results of all the participants, a descriptive analysis was performed to determine the adolescents' perception and a comparative inferential analysis to make the comparison between the two groups. The results showed no significant difference between both groups as compared to the usual physical activity. It is believed that these results may be due to the recommended isolation measures due to the COVID-19 pandemic as classes are being done online and training is suspended. G1 still presented better results than G2, but very close. It is important to emphasize that the practice of a modality such as Futsal, provides an improvement in the adolescent's quality of life.
O presente estudo tem como objetivo verificar a percepção da aptidão física e atividade física entre adolescentes do sexo masculino de 11 a 13 anos de idade que praticam educação física escolar e os que praticavam futsal extracurricular regularmente antes da pandemia do Covid19. A pesquisa se caracteriza por nível descritivo e comparativo, com abordagem quantitativa e corte transversal. A amostra foi composta por 20 alunos da Escola de Educação Básica Dr. Miguel de Patta, sendo que 10 alunos frequentavam a Comissão Municipal de Esportes (G1) e 10 que realizam a Educação Física curricular e atividades cotidianas (G2). A avaliação da percepção da aptidão física e atividade física dos alunos, foi determinada através de questionário online e presencial. Após coleta dos resultados de todos os participantes, foi realizada uma análise descritiva para determinar a percepção dos adolescentes e uma análise inferencial comparativa para realizar a comparação entre os dois grupos. Os resultados demonstraram que não houve diferença significativa entre os dois grupos quanto a comparação de atividade física habitual. Acredita-se que esses resultados podem ser decorrentes das medidas de isolamento recomendadas devido a pandemia da COVID-19, pois as aulas estão sendo online e os treinos se encontram suspensos. O G1 ainda apresentou resultados melhores que o G2, mas muito próximos. É importante ressaltar que a prática de uma modalidade como, o Futsal, proporciona uma melhora na qualidade de vida do adolescente.
Aparece nas coleções:Educação Física- Licenciatura

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCC Educação Física.pdfArtigo Cientifico- Pedro Nuncio Becker498.69 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons