Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.animaeducacao.com.br/handle/ANIMA/17143
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorMaschio, Vinicius José Maschio-
dc.contributor.advisorMaschio, Vinicius José Maschio-
dc.contributor.authorSoldatelli, Bruno Soldatelli-
dc.coverage.spatialTubarão - SCpt_BR
dc.date.accessioned2020-12-15T23:55:57Z-
dc.date.accessioned2021-08-04T19:38:09Z-
dc.date.available2020-12-15T23:55:57Z-
dc.date.available2021-08-04T19:38:09Z-
dc.date.issued2020pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.animaeducacao.com.br/handle/ANIMA/17143-
dc.description.abstractHelmintos e protozoários de relevância tanto na medicina veterinária como na medicina humana podem muitas vezes serem encontrados no solo e em outros ambientes. Alguns desses parasitas são zoonoses negligenciadas que não estão incluídas na listagem de doenças de notificação compulsória. Neste sentido, o objetivo foi identificar quais os parasitas de potencial zoonótico presentes nas areias das praias do Brasil. Trata-se de um estudo de revisão de literatura, descritivo com abordagem qualitativa. Foram pesquisados artigos científicos no idioma português, disponíveis na íntegra de forma gratuita e publicados no período de 2000 a 2020, nas bases de dados LILAC, Google Scholar e SCIELO, utilizando os seguintes descritores geo-helmintos, helmintos, praias, areias e Brasil. A busca foi realizada em maio de 2020 que resultou em 118 estudos, considerados relevantes para o tema proposto 9 artigos. Os geo-helmintos predominantes nas areias de praias brasileiras das regiões norte, nordeste, sudeste e sul foram larvas de Ancylostoma, ovos de Toxocara, Trichuris e foram encontrados protozoários também do gênero Toxoplasma e Giardia. Os métodos laboratoriais mais utilizados foram Faust, Hoffman e Rugai. Conclui-se que a identificação de parasitos presentes em areias de praias resistentes a condições climáticas e em diferentes localizações geográficas são importantes indicadores de contaminação biológica, necessitando de constante monitoramento sanitário, controle de animais domésticos e zoonoses em populações humanas.pt_BR
dc.format.extent18 f.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.relation.ispartofMedicina Veterinária - Tubarãopt_BR
dc.rightsAttribution 3.0 Brazil*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by/3.0/br/*
dc.subjectParasitos intestinaispt_BR
dc.subjectZoonosespt_BR
dc.subjectSaúde Públicapt_BR
dc.titleOcorrência de Geo-Helmintos em areias das praias do Brasil: revisão integrativapt_BR
dc.typeArtigo Científicopt_BR
local.subject.areaCiências Agráriaspt_BR
local.contributor.coadvisorLopes, Cyntia Michielin Lopes-
local.rights.policyAcesso embargadopt_BR
local.author.cursoMedicina Veterináriapt_BR
local.author.unidadeUNISUL / Tubarãopt_BR
local.subject.areaanimaCiências Agrárias & Meio Ambientept_BR
Aparece nas coleções:Medicina Veterinária

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Bruno_final_tcc_2.pdfArtigo Revisão Integrativa Bruno Soldatelli237.09 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons