Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.animaeducacao.com.br/handle/ANIMA/17716
Título: Aeronaves elétricas e seu uso por escolas de pilotagem na instrução de voo
Autor(es): Sá, Johnatan
Orientador: Tavares, Angelo Damigo
Tipo de material: Monografia
Data: 9-Nov-2021
Palavras-chave: Instrução
Aeronaves Elétricas
Vantagens
Segurança
Custos
Modalidade de acesso: Acesso aberto
Resumo: O objetivo geral deste trabalho foi analisar de que forma o uso de aeronaves elétricas poderá trazer benefícios para a instrução de voo nas escolas de pilotagem. Caracterizou-se como uma pesquisa descritiva, utilizando procedimentos bibliográficos e documentais, com abordagem tanto qualitativa quanto quantitativa. A principal forma de obtenção de dados se deu por meio eletrônico, com a leitura de artigos científicos, revistas e sites de aviação. Com o aumento das emissões de gases de efeito estufa como o CO2 devido ao uso de combustíveis fósseis, há uma crescente pressão para que formas de energia alternativas sejam utilizadas, com destaque para a energia elétrica. Aeronaves que utilizam esse tipo de propulsão são uma realidade desde o século XIX, porém apenas em 2020 uma aeronave totalmente elétrica foi certificada, para voos de instrução, por uma agência reguladora. Trata-se do Pipistrel Velis Electro, certificado pela Agência de Segurança da Aviação da União Europeia (European Aviation Safety Agency – EASA). Projetado para ser uma aeronave de treinamento, seu uso se mostrou promissor, sendo operado atualmente por 9 países, com vários outros interessados, dentre os quais o Brasil, que em breve fará parte dessa lista. Após a análise, comparação e estudo das principais características de operação do Pipistrel Velis Electro e do Cessna 152, aeronave largamente utilizada na instrução de voo, bem como os custos necessários, ressaltaram-se vantagens e desvantagens que o uso de uma aeronave elétrica poderá oferecer às escolas de pilotagem com a tecnologia atualmente disponível, frente ao consagrado uso de aeronaves com motores de combustão interna. Concluiu-se que tal uso na instrução de voo oferece como principais vantagens a redução dos custos operacionais, principalmente aqueles referentes a manutenção e abastecimento, tornando sua operação mais eficiente para as escolas de pilotagem, cursos mais acessíveis financeiramente para os alunos e proporcionará também um aumento da segurança de voo, visto que os motores elétricos são mais simples que os motores a combustão interna.
Aparece nas coleções:Ciências Aeronáuticas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCC_Johnatan_Sa_2021.pdf3.76 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons