Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.animaeducacao.com.br/handle/ANIMA/3269
Título: Terno-de-reis e boi-de-mamão em Içara (SC): as relações dialógicas na linguagem folclórica do ciclo natalino num município multiétnico
Autor(es): Fernandes, Elza de Mello
Orientador: Reis, Mariléia Silva dos
Tipo de material: Dissertação
Data: 2004
Palavras-chave: Manifestações populares
Pluralidade étnica
Simbologias
Resumo: This dissertation is in context of two folkloric manifestations of the Christmas cycle in Içara county (SC): terno-de-Reis and boi-de-mamão, in a dialogic perspective between the verbal and non-verbal languages (in this, with emplasis to constituent simbology of rituals) characteristics of this popular manifestations. We have taken as a goal the description of the communicative potential that these manifestations represent in Içara county (SC), selected for the present study throug the plurality of its ethnic constitution: Lusitanian-Azorian,Italian, Polish (the most evident in the county) and also the Indigenous and African2 substract. We proposed to explore the lead the research trough the analyses accomplished under three semiotic viewpoints: (i) the qualitative-iconic, (ii) the singular-indicative and (iii) the conventionalsymbolic, in the try to better describle what the affects are, which translate the symbologies of this fokloric manifestations in the socio-historic-cultural context of Içara. Therefore, we start from a socio-historic retrospective of the constitution and formation of these two manifestations of the Christmas cycle correlated to the Lusitanian-Azorian culture, with emphasis on the origin of the folklore (from the sacred to the profane) that covers the manifestations of the popular art
Esta dissertação contextualiza duas das manifestações folclóricas do ciclo natalino da tradição açoriana em Içara (SC), o terno-de-Reis e o boi-de-mamão, numa perspectiva dialógica entre as linguagens verbal e não-verbal (nesta, com ênfase à simbologia constituinte dos rituais) características destas manifestações populares. Tomamos como objetivo a descrição do potencial comunicativo que estas manifestações representam no município de Içara (SC), selecionado para o presente estudo pela pluralidade de sua constituição étnica: luso-açoriana, italiana, polonesa (as mais evidentes no município), e também o substrato indígena e o africano1 . Propusemo-nos conduzir a pesquisa através de análises realizadas sob três pontos de vista semióticos: (i) o qualitativo-icônico, (ii) o singular-indicativo e (iii) o convencionalsimbólico, na tentativa de melhor descrevermos quais são os efeitos que traduzem as simbologias destas manifestações folclóricas no contexto sócio-histórico-cultural de Içara. Para tanto, partimos de uma retrospectiva sócio-histórica da constituição e formação destas duas manifestações do ciclo natalino correlacionadas à cultura luso-açoriana, com ênfase à origem do folclore (do sagrado ao profano) que reveste as manifestações desta arte popular.
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
76547_Elza.pdfDissertação Elza de Mello Fernandes374.86 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.