Intradermoterapia no tratamento do melasma: a atuação do biomédico e as implicações clínicas

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2024-06

Tipo de documento

Artigo Científico

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Área do conhecimento

Modalidade de acesso

Acesso aberto

Editora

Autores

PIRES, Dayane Martins
SILVA, Gilvania Santos da
OLIVEIRA, Josielly Lemos de
OLIVEIRA, Leiliane Moura
SIMÔES, Viviane Fernandes Dias

Orientador

PIMENTA, Alessandro Licurgo

Coorientador

Resumo

A intradermoterapia no tratamento do melasma possui uma trajetória histórica e evolutiva significativa, tornando-se uma técnica amplamente adotada na medicina contemporânea, especialmente na dermatologia estética. Esta técnica foi desenvolvida pelo médico francês Michel Pistor na década de 1950, ele concebeu a mesoterapia como forma de administrar substâncias diretamente na área afetada com a finalidade de diminuir os efeitos colaterais sistêmicos e aumentar a eficácia do tratamento. No cenário da biomedicina estética, o biomédico desempenha um papel inovador. Esses profissionais aplicam seus conhecimentos para desenvolver e implementar procedimentos estéticos, como a intradermoterapia no tratamento do melasma, com o objetivo de melhorar a aparência física e a autoestima dos pacientes.

Palavras-chave

Melanose, Hiperpigmentação, Melasma, Intradermoterapia

Citação

Coleções