Avaliação da propriedade mecânica do concreto com adição de materiais cerâmicos triturados

Carregando...
Imagem de Miniatura
Data
2021-12-15
Tipo de documento
Artigo Científico
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Área do conhecimento
Engenharias
Modalidade de acesso
Acesso fechado
Editora
Autores
Oliveira Neto, Manoel Castor de
Orientador
Texeira, Otacisio Gomes
Coorientador
Resumo
No Brasil, utiliza muita matéria prima cerâmica, chegando a ser o segundo maior do mundo, para se ter uma ideia, algo em torno de 70 bilhões de peças são fabricadas nas indústrias, por ano, esse é um valor bem expressivo. Desse total produzido, muitas peças não são utilizadas, e viram resíduos que serão descartados. Esses restos inutilizados serão acumulados em aterros, gerando assim problemas ambientais (STROHER; et al., 2018, p.34). Coube o presente estudo, fazer a avaliação mecânica do concreto com adição de material cerâmico. O ensaio realizado no laboratório de concreto, analisou o comportamento dos corpos de provas que foram moldados, utilizando cerâmica vermelha como parte do agregado, substituindo 50% da brita 1. O objetivo principal dos testes realizados, foram identificar a variação de resistência a compressão, quando os mesmos foram submetidos ao teste de ruptura em uma prensa hidráulica da marca Contenco, depois de 28 dias em processo de cura. Foi feito a comparações dos resultados de ruptura dos corpos de prova, com um traço de concreto usando insumos convencionais, o traço unitário usado foi de, 1:2,94;1,77;2,16;0,65, relação Água Cimento de 0,65. Foi possível durante o estudo, observar resultados de resistência, que caracteriza um concreto estrutural com Fck mínimo de 20 MPa, regido pela norma da ABNT 5739, e que a substituição do material referido, atendeu a resistência mínima esperada, que foi preestabelecida em 20 MPa.

Palavras-chave
Cerâmica vermelha, Concreto, Indústria, Insumos convencionais
Citação