A nova governança da Cooperação Internacional para o desenvolvimento pós-1990: a Influência do Discurso Sobre Eficácia e a Inserção do Setor Privado no Ambiente das Organizações da Sociedade Civil.

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2023-12
Tipo de documento
Artigo Científico
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Área do conhecimento
Ciências Sociais Aplicadas
Modalidade de acesso
Acesso aberto
Editora
Autores
MONTEIRO, Amanda Vitoriano
Orientador
PESSINA, Maria Elisa Huber
Coorientador
RIBEIRO, Mônica Matos
Resumo
Este artigo tem como objetivo fomentar um debate crítico sobre a influência do discurso de eficácia promovido pela governança no sistema da Cooperação Internacional para o Desenvolvimento, por meio de uma revisão bibliográfica. Embora a eficácia seja considerada uma necessidade, as organizações da sociedade civil enfrentam desafios significativos ao tentarem adaptar-se aos ideais de eficácia e à entrada do setor privado na CID. As Organizações da Sociedade Civil esforçam-se para ajustar-se às transformações na governança do sistema internacional, frequentemente recorrendo à hibridização de suas estruturas com as organizações do setor privado empresarial. Entretanto, essa adaptação muitas vezes não é suficiente para atender às necessidades das camadas mais necessitadas da sociedade. A busca incessante por eficácia, durante a análise, foi possível notar como consequência o acúmulo de OSCs em localidades específicas propícias a resultados de curto prazo para os investidores e parceiros do setor privado empresarial.

Palavras-chave
Instituições internacionais; Hibridização; Efetividade; Ajuda Internacional
Citação