Estudo de caso: abordagem nutricional em criança com Diabetes Mellitus tipo 1 e Doença Celíaca

Nenhuma Miniatura disponível

Data

2022

Tipo de documento

Artigo Científico

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Área do conhecimento

Ciências da Saúde

Modalidade de acesso

Acesso fechado

Editora

Autores

DIAS, MIKAELE

Orientador

Malinovski, Juliana

Coorientador

Pimentel, Sônia

Resumo

O Diabetes Mellitus tipo 1 (DM1), é uma doença autoimune que se caracteriza pela destruição das células beta pancreáticas responsáveis pela síntese e secreção do hormônio insulina, que regula os níveis de glicose no sangue. Já a doença celíaca (DC) crônica resulta de um entrosamento complexo, com forte influência entre os fatores imunológicos, ambientais e genéticos, se caracteriza pela reação imune à ingestão de glúten.O presente artigo se caracteriza como um relatode caso, criança com DM1 que desenvolveu em sequência a DC e as dificuldades encontradas pelos pais em relação ao método contagem de carboidratos.Utilizou-se um questionário com perguntas abertas aplicado com a responsável pela criança, sendo apresentado como estudo de caso. A contagem de carboidratos (CC), é uma ferramenta importante no tratamento do diabetes pois, é um método que permite aos indivíduos uma maior flexibilidade nas escolhas alimentares. No planejamento alimentar a CC ajuda a modificar dosagens de insulina de uma refeição a outra e consecutivamente melhora o controle glicêmico. A respeito da doença celíaca, a preocupação dos pais atualmente é a contaminação cruzada, que infelizmente, é algo muito comum os alimentos que se diz ser sem glúten receber de forma direta ou indireta traços de glúten de outros alimentos na sua composição, seja no plantio, na colheita, na indústria, na cozinha, podem haver contaminação e consequentemente dificulta nas escolhas alimentares.

Palavras-chave

Contagem de carboidrato, Doença autoimune, Criança, Glúten, Intolerância, Monitoramento da glicose

Citação

Coleções