As microexpressões faciais como prova no inquérito policial

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2023-12
Tipo de documento
Artigo Científico
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Área do conhecimento
Modalidade de acesso
Acesso aberto
Editora
Autores
COSTA, Luiz Guilherme Rodrigues
Orientador
GUIMARÃES, Fábio Luiz
Coorientador
Resumo
Este estudo explora a aplicabilidade das microexpressões faciais e da leitura corporal no contexto do inquérito policial, destacando a significativa contribuição dessas técnicas na busca por evidências sólidas. Reconhecendo a riqueza de informações veiculadas pela comunicação não verbal, a pesquisa visa aprimorar a compreensão das circunstâncias durante investigações criminais. A análise minuciosa de microexpressões faciais e gestos corporais revela nuances cruciais, muitas vezes perdidas em métodos tradicionais. Ao integrar essas técnicas ao processo investigativo, este estudo propõe uma abordagem mais refinada para a produção de provas confiáveis. A intenção é proporcionar aos profissionais do campo uma ferramenta adicional e eficaz na busca pela verdade, promovendo uma interpretação mais precisa e abrangente dos eventos em análise. Dessa forma, a pesquisa visa não apenas evidenciar a importância desses sinais não verbais, mas também demonstrar sua utilidade prática na esfera do inquérito policial, potencialmente elevando a qualidade e a confiabilidade das informações obtidas durante o processo investigativo.

Palavras-chave
comunicação não verbal, inquérito policial, linguagemcorporal, microexpressõesfaciais, produção de provas
Citação
Coleções