Abordagem fisioterapêutica na prevenção de quedas em portadores da doença de parkinson

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2023-12
Tipo de documento
Monografia
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Área do conhecimento
Modalidade de acesso
Acesso aberto
Editora
Autores
SEGUINS, Ana Carolina Pontes Maciel
LELES, Marcela Gonçalves de Souza
SILVA, Paloma Pereira da
Orientador
FERREIRA, Gustavo Nunes Tasca
Coorientador
Resumo
A Doença de Parkinson (DP) é a segunda doença neurodegenerativa mais prevalente na população idosa no mundo, e seus sintomas são agravados no decorrer da doença causando limitações importantes na vida dos seus portadores, a saber: tremor em repouso, bradicinesia, desequilíbrio, hipofonia e congelamento da marcha. Em consequência do agravamento dos sintomas motores, as quedas são um grande problema dessa população, pois, causam diversas consequências que podem limitar a qualidade de vida, e até abreviar a sobrevida desses pacientes. Foram pesquisados artigos científicos com ensaios clínicos randomizados sobre o tema prevenção de quedas em portadores de DP nas bases de dados Scielo, Pubmed e PEDro abrangendo o período de 2014 a 2023. Os artigos selecionados para embasar a presente revisão narrativa apresentaram abordagens fisioterapêuticas com a pretensão de mitigar as quedas e seus efeitos com condutas visando trabalhar equilíbrio e força, em comparação com grupo controle, com entrega de cartilhas explicativas de cuidados domiciliares e comportamentais. Os estudos apresentaram resultados promissores em pessoas com DP leve e moderada, contudo, em portadores de DP grave não houve diferenças significativas em relação aos grupos controle.

Palavras-chave
prevenção, quedas, Parkinson
Citação
Coleções