Viabilidade técnica e econômica do uso de fôrmas metálicas para pilares em obras no município de Guanambi-Ba

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2021-12-06
Tipo de documento
Artigo Científico
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Área do conhecimento
Engenharias
Modalidade de acesso
Acesso aberto
Editora
Autores
Santos, Bruno Santana
Souza, Felipe de Jesus
Orientador
Teixeira, Matheus Figueiredo
Coorientador
Resumo
A Engenharia Civil surgiu mediante a necessidade dos seres humanos em se aprimorar na jornada rumo ao desenvolvimento social e tecnológico, visando melhorias na sua qualidade de vida. Um Engenheiro Civil tem um mundo de possibilidades a sua disposição, assim como todos os recursos que o mundo pode oferecer, entretanto, sabe-se que atualmente grande parte de tais recursos estão sendo requisitados em um ritmo que ultrapassa a velocidade de recomposição natural, o que nos leva a refletir sobre como os profissionais da área estão gerenciando as forças da natureza. Se fazendo presente em um canteiro de obra, é perceptível a magnitude dos impactos gerados no exercício da profissão, pois todos os materiais utilizados tanto na composição do produto final quanto em seu processo de execução são extraídos do meio ambiente, de forma que na grande maioria das vezes gera impactos negativos. Após uma observação focada na fase de execução de estruturas de concreto armado em quatro obras situadas na cidade de Guanambi-BA, percebeuse uma possibilidade de intervenção. Visto o uso elevado de madeira para a confecção de fôrmas na execução de pilares estruturais em concreto, e posteriormente os desperdícios relacionados a essa prática construtiva, o presente artigo tem por objetivo analisar a viabilidade da substituição das fôrmas de madeira por fôrmas metálicas, levando em consideração aspectos ambientais, econômicos e de trabalhabilidade em sua utilização.

Palavras-chave
Engenharia civil, Estruturas em concreto armado, Fôrmas metálicas, Formas de madeira
Citação