Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.animaeducacao.com.br/handle/ANIMA/10123
Título: Sintomas de disfunções sexuais femininas após o período puerperal
Autor(es): Kliemann, Barbarella de Souza Ribeiro de Araujo
Orientador: Bartilotti, Carolina Bunn
Tipo de material: Artigo Científico
Data: 2018
Palavras-chave: Disfunção sexual
Pós-puerpério
Sexualidade
Sexual dysfunction
Post-puerperium
Sexuality
Tipo de acesso: Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
Resumo: Female sexual dysfunctions can occur at any time in the woman's life, but there is a high prevalence of these symptoms after the birth of the child (ren). The period after the birth of the child (ren) is known as puerperium or puerperal period, defined in the literature between 45 and 60 days after delivery, during which time more female sexual dysfunctions are diagnosed. However, studies indicate that approximately 45 to 55% of women remain or present some symptom of sexual dysfunction after the puerperal period. In order to investigate how women perceive symptoms of sexual dysfunctions after the puerperal period, and how they deal with them, this research was developed by conducting semi-structured interviews focusing on the narrative and discourse of 5 women residing in the Grande Florianópolis / SC, all of which reported some type of sexual dysfunction symptom (genital-pelvic pain disorder, sexual interest disorder and orgasm disorder), as well as changes in their sexual behavior after the birth of the child (s) ). Although all women have noticed some symptoms of sexual dysfunction and / or changes in their sexual behavior, not all of them have developed strategies and none have had the advice of a health professional to better cope with it.
As disfunções sexuais femininas podem ocorrer em qualquer período da vida da mulher, todavia existe uma alta prevalência desses sintomas após o nascimento do(s) filho(s). O período logo após o nascimento do(s) filho(s) é conhecido como puerpério ou período puerperal, definido na literatura entre 45 à 60 dias após o parto, período no qual mais são diagnosticadas disfunções sexuais femininas. Entretanto, estudos apontam que aproximadamente 18 a 55% das mulheres permanecem ou passam a apresentar algum sintoma de disfunção sexual após o período puerperal. Diante disso, com o objetivo de investigar como as mulheres se percebem frente a sintomas de disfunções sexuais após o período puerperal e, como lidam com estes, elaborou-se esta pesquisa realizando entrevistas semiestruturadas centrando na narrativa e discurso de 5 mulheres, residentes na Grande Florianópolis/SC, as quais, todas relataram algum tipo de sintoma de disfunção sexual (transtorno dor gênito-pélvica; transtorno do interesse sexual e transtorno do orgasmo), como também alterações no seu comportamento sexual após o nascimento do(s) filho(s). Embora todas as mulheres tenham percebido algum sintoma de disfunção sexual e/ou alterações no próprio comportamento sexual, nem todas desenvolveram estratégias e nenhuma teve orientação de algum profissional da saúde para um melhor enfrentamento deste.
Aparece nas coleções:Psicologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Sintomas de disfunções sexuais femininas após o período puerperal.pdfArtigo Científico - Barbarella de Souza Ribeiro de Araujo Kliemann442.6 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons