Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.animaeducacao.com.br/handle/ANIMA/11567
Título: Cuidados e tratamentos estéticos realizados por mulheres antes e após realização de cirurgia plástica na região abdominal
Autor(es): Pacheco, Patrícia Piovezan
Orientador: Zarbato, Graciela Freitas
Tipo de material: Artigo Científico
Data: 2019
Palavras-chave: Cirurgia plástica
Equipamentos para estética
Cuidados pós-operatórios
Tipo de acesso: Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
Resumo: Abstract: The incessant search for a well-formed body contour has increased the number of plastic surgeries performed for corrections in a fast and effective way, especially in the abdominal region. The most sought-after are the ones that have the purpose of modifying the body structure and when properly performed, good results are obtained, however, in some cases it may cause unwanted intercurrences, which most may be mitigated with Pre-and post-operative treatments. Objective: To analyze the aesthetic care and treatments performed by women who underwent plastic surgery in the abdomen region in the city of Tubarão-SC. Materials and methods: This is an exploratory, quantitative and survey study, which was Data collection was carried out with 10 women by completing a questionnaire. Data analysis was performed quantitatively by means of percentage for each of the questions. Results: The most recently performed surgery is abdominoplasty in conjunction with liposuction of the dorsal region. Patients already leave the surgery using compressive brace and physicians request postoperative follow-up to mitigate and avoid complications after plastic surgery. The most common procedure in the postoperative period is manual lymphatic drainage. Most of the patients did not need repair and feel satisfied with the result, besides having an interest in performing a new surgery. Conclusion: The most performed surgery was abdominoplasty. It is noted that preoperative treatment is still not suggested as much as the postoperative period. In the postoperative period, complications may arise and these can be resolved, in some cases, with an aesthetic postoperative treatment.
Resumo: A busca incessante por um contorno corporal bem formado tem aumentado o número de cirurgias plásticas realizadas para correções de forma rápida e eficaz, principalmente na região abdominal. As mais procuradas são as que tem finalidade de modificação na estrutura corpórea e quando realizadas adequadamente obtém-se bons resultados, entretanto, em alguns casos pode acarretar intercorrências indesejadas que em sua maioria podem ser amenizadas com tratamentos pré e pós-operatórios. Objetivo: analisar os cuidados e tratamentos estéticos realizados por mulheres que passaram por cirurgia plástica na região de abdômen na cidade de Tubarão – SC. Materiais e métodos: Trata-se de um estudo exploratório, quantitativo e de levantamento, o qual foi realizado coleta de dados com 10 mulheres através de preenchimento de um questionário. A análise de dados foi realizada quantitativamente por meio de porcentagem para cada uma das questões. Resultados: A cirurgia mais realizada atualmente é a de abdominoplastia em conjunto com a lipoaspiração da região dorsal. As pacientes já saem da cirurgia utilizando cinta compressiva e os médicos solicitam acompanhamento pós-operatório para amenizar e evitar complicações pós cirurgia plástica. O procedimento mais comum no pós-operatório é a drenagem linfática manual. Grande parte das pacientes não necessitou de reparo e se sentem satisfeitas com o resultado, além de ter interesse em realizar nova cirurgia. Conclusão: A cirurgia mais realizada foi a abdominoplastia. Nota-se, que o tratamento pré-operatório ainda não é sugerido tanto quanto o pós-operatório. No pós-operatório podem surgir complicações e estas podem ser resolvidas, em alguns casos, com um tratamento estético pós-operatório.
Aparece nas coleções:Especialização Estética e Bem Estar

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo Patrícia Piovezan Pacheco.pdfArtigo científico - Patrícia Piovezan Pacheco1.15 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons