Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.animaeducacao.com.br/handle/ANIMA/12497
Título: Inventário florístico parcial do parque ambiental sustentável Abelha Rainha, Içara, SC
Autor(es): Borges, Calebe
Orientador: Plá, Gilmar Pezzopani
Tipo de material: Monografia
Data: 2018
Palavras-chave: Inventário florístico
Levantamento de flora
Botânica
Tipo de acesso: Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
Resumo: The Parque Ambiental Sustentável Abelha Rainha located in the northern Içara city, southern Santa Catarina state. It occupies an area of 47 ha, but its forest area is 23 ha, where environmental education is targeted. The developed project was focused on the floristic trial, using the plots method, in an area of 2.2 ha, where two plots of 20 x 20 m were made. They were counted (N = 197), being observed 57 species and 13 families. The species with greater magnitude and volume was the exotic Eucalyptus sp. with 42,72% of the total volume. The Shannon index of H '= 3.25 was obtained, and a sample value of 36% according to the estimators (Chao 2, Jackknife 1). It’s necessary more successions of inventory for the better recognition of the flora of the park, considering the need for a management plan to suppress the overlapping of the exotic species.
O Parque Ambiental Sustentável Abelha Rainha localiza-se no norte do município de Içara, sul do estado de Santa Catarina. Ocupa uma área de 47 ha, porém sua área florestal é de 23 ha, onde objetiva-se a educação ambiental. A pesquisa desenvolvida, foi focada no inventário florístico, a partir do método de parcelas, em uma área de 2,2 ha. Foram realizadas duas parcelas de 20 x 20 m. Foram contabilizados (N=197), sendo observados 57 espécies e 13 famílias. A espécie com maior abundância e volume foi a exótica Eucalyptus sp. com 42,72% do volume total. Obteve-se índice Shannon de H’ = 3,25, e uma insuficiência amostral de 36% conforme os estimadores (Chao 2, Jackknife 1). Faz-se necessário maiores esforços em inventário, para reconhecer com maior qualidade a flora do parque, tendo o entendimento da necessidade de um plano de manejo para suprimir a sobreposição da espécie exótica.
Aparece nas coleções:Ciências Biológicas- Bacharelado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CALEBE BORGES.pdf1.37 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons