Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.animaeducacao.com.br/handle/ANIMA/12504
Título: Relação entre estrutura trófica de besouros escarabeíneos e mamíferos de médio e grande porte em uma paisagem de floresta atlântica no sul do Brasil
Autor(es): Santos, Maria Ester Bueno dos
Orientador: Farias, Patrícia Menegaz de
Tipo de material: Monografia
Data: 2018
Palavras-chave: Conservação
Entomofauna
Floresta tropical
Interações ecológicas
Mastofauna
Conservation
Tropical forest
Ecological interactions
Tipo de acesso: Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
Resumo: The investigation of interactions between animals is a key factor in the ecology of food webs as it seeks to understand the dynamics of interactions and effects on ecosystem functioning, such as the provision of ecosystem services provided by agencies. Through ecological measures we aim to characterize the trophic structure of the community of medium and large beetle beetles and mammals and explain the interaction between the two groups. The study was conducted in a remnant of Atlantic Forest in southern Brazil. For the sampling of dung beetles use baited traps fall (human feces and fish). The mammalian fauna was sampled through camera trapping. The habitat structure was characterized by measures of structural complexity of the forest. Data were analyzed through diversity descriptors and ecological and descriptive metrics networks. The assembly of Scarabaeinae beetles present in the studied fragment corresponded to a total 1,084 individuals belonging to 11 genera and 27 species distributed. As for mammals cataloged 106 independent records of nine species of medium to large mammals. The integrity analysis showed a 99.9% coverage. Rodents group consisted of more significant with 43.4% of the sample. The ecological network showed that the average degree of beetles was 8.2 potential interactions while mammals was 24.44 potential interactions. Connectance was high, showing 90.5% of presumably possible interactions. The modularity was low demonstrating that the network beetles mammals interactions tends to be a general network. The high connectance among dung beetles and mammals and the possible interactions between them in the place of study strengthens the link between the two groups and the analysis of communities through food webs has been an important means to achieve biodiversity conservation.
A investigação de interações entre os animais é um fator chave na ecologia de redes tróficas, uma vez que busca entender a dinâmica das interações e consequências no funcionamento dos ecossistemas, tal como a provisão dos serviços ecossistêmicos prestados pelos organismos. Através de medidas ecológicas buscou-se caracterizar a estrutura trófica da comunidade de besouros escarabeíneos e mamíferos de médio e grande porte e explicar a interação entre os dois grupos. O estudo foi desenvolvido em um remanescente de Mata Atlântica no Sul de Brasil. Para a amostragem dos besouros escarabeíneos foram utilizadas armadilhas de queda iscadas (fezes humanas e pescado). A mastofauna foi amostrada através de armadilhamento fotográfico. A estrutura de habitat foi caracterizada por meio de medidas físicas e de vegetação. Os dados foram analisados através de descritores de diversidade, redes ecológicas e métricas descritivas. A assembleia de besouros escarabeíneos presentes no fragmento estudado correspondeu a um total 1.084 indivíduos pertencentes a 11 gêneros e distribuídos em 27 espécies. Quanto à mastofauna foram catalogados 106 registros independentes de nove espécies de mamíferos de médio a grande porte. A análise da integridade mostrou uma cobertura de 99,9%. Os roedores consistiram no grupo mais expressivo, com 43,4% da amostragem. A rede ecológica mostrou que o grau médio dos besouros foi de 8,2 interações potenciais enquanto que dos mamíferos foi de 24,44 potenciais interações. A conectância foi elevada, mostrando 90,5% das interações presumidamente possíveis. A modularidade foi baixa demonstrando que a rede de interações besouros-mamíferos tende a ser uma rede generalista. A alta conectância entre besouros escarabeíneos e mamíferos e as possíveis interações entre eles no local de estudo reforça a ligação entre os dois grupos e a análise das comunidades através de redes tróficas tem se mostrado um meio importante para se alcançar a preservação da biodiversidade.
Aparece nas coleções:Ciências Biológicas- Bacharelado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCC Ester vs_FINAL.pdf
  Until 2021-07-04
Trabalho de conclusão de curso, Maria Ester Bueno dos Santos641.76 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir    Solictar uma cópia


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons