Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.animaeducacao.com.br/handle/ANIMA/13811
Título: Estudo retrospectivo dos parâmetros do líquido cefalorraquidiano de cães com afecções do sistema nervoso central, atendidos no hospital veterinário UNISUL nos anos de 2015-2020
Autor(es): Gaspar, Thayana
Balsini, Jairo
Orientador: Balsini, Jairo
Tipo de material: Artigo Científico
Data: Jul-2021
Palavras-chave: Análise
Líquido cefalorraquidiano
Diagnóstico
Sistema nervoso central
Analysis
cerebrospinal fluid
Diagnosis
Central nervous system
Modalidade de acesso: Acesso aberto
Resumo: Dentre as doenças de caráter neurológico, a análise do líquido cefalorraquidiano (LCR) auxilia como método de diagnóstico de cães que apresentam afecções do sistema nervoso central (SNC). Chegar a um diagnóstico definitivo ou o mais próximo dele depende da exclusão de outras causas, associado aos dados obtidos durante anamnese e sinais clínicos apresentados pelo animal. Denomina-se LCR ou líquor o fluído de coloração clara ou incolor que banha o cérebro e a medula espinhal a fim de proteger, lubrificar e nutrir o SNC e parte do sistema nervoso periférico (SNP). O presente trabalho caracteriza o perfil clínico e epidemiológico de dezessete cães atendidos com suspeita clínica de afecção do SNC, no hospital veterinário UNISUL, a partir da pesquisa direta dos prontuários médicos. Dos dezessete animais consultados, em apenas quatro dos casos foi possível chegar a um diagnóstico definitivo, enquanto os outros treze não chegaram a um diagnóstico definitivo, mas na maioria dos casos foi possível estabelecer uma suspeita diagnóstica levando em consideração todos os dados obtidos durante a consulta, associado ao conhecimento do médico veterinário e estudo em literaturas.
Aparece nas coleções:Medicina Veterinária

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCC 2 - Thayana Cascaes Gaspar.pdf709.36 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons