Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.animaeducacao.com.br/handle/ANIMA/14592
Título: Cuidado farmacêutico em idosos: os riscos da polifarmácia e o acompanhamento farmacoterapêutico na promoção da saúde do idoso
Autor(es): Santana, Pedro
Orientador: Souza, Carlos
Tipo de material: Monografia
Data: 15-Jul-2021
Palavras-chave: Atenção farmacêutica
Cuidado farmacêutico
Idoso
Polifarmácia
Modalidade de acesso: Acesso aberto
Resumo: Com o aumento da expectativa de vida, ocorreu um aumento significativo da população de idosos no Brasil e no mundo. No entanto, viver mais não significa necessariamente viver melhor, sobretudo, quando não se tem o suporte necessário para desfrutar de saúde e qualidade de vida. O processo de envelhecimento está relacionado a mudanças no organismo responsáveis por desencadear ou favorecer diversas enfermidades crônicas que levam as pessoas idosas ao uso contínuo de vários medicamentos, com grandes riscos de efeitos adversos e interações medicamentosas. Nesse sentido, o objetivo geral foi delinear ações de cuidado farmacêutico ao idoso polimedicado. Para tanto, realizou-se uma revisão integrativa da literatura por meio da busca de artigos publicados nos últimos dez anos nas bases de dados SciELO, Lilacs, Google acadêmico e Biblioteca Virtual da Saúde. Os resultados apontaram que o cuidado farmacêutico em idosos é essencial para assegurar a qualidade de vida desse público. Após triagem e análise dos artigos, constatou-se que os principais medicamentos utilizados na terceira idade são para o tratamento de doenças crônicas não transmissíveis favorecidas pelo envelhecimento. As patologias mais frequentes são diabetes mellitus, hipertensão e dislipidemias. Estratégias para o cuidado farmacêutico em idosos polimedicados incluem a reconciliação medicamentosa, a avaliação da adesão ao tratamento, o acompanhamento e o monitoramento de reações adversas e potenciais interações medicamentosas. Concluiu-se que o acompanhamento farmacoterapêutico é de extrema relevância nessa faixa etária, como forma de minimizar os riscos relacionados ao uso de múltiplos medicamentos e promover saúde e qualidade de vida.
Aparece nas coleções:Farmácia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCC DE PEDRO HENRIQUE AGES.pdf319.47 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons