Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.animaeducacao.com.br/handle/ANIMA/7494
Título: Violência doméstica e familiar contra a mulher na comarca de Braço do Norte/ SC: estudo dos possíveis fatores associados tendo por base o perfil das mulheres indicadas como vítimas em autos criminais distribuídos nos anos de 2016 a 2018
Autor(es): Rosa, Camila Alberton
Orientador: Leal, Fábio Gesser
Tipo de material: Monografia
Data: 2019
Palavras-chave: Violência doméstica e familiar
Mulher
Fatores
Perfil das vítimas
Tipo de acesso: Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
Resumo: The present study aims to promote a study of the possible factors associated with domestic and family violence against women in the Region of Braço do Norte / SC, based on the profile of women indicated as victims in criminal records distributed in the years 2016 to 2018. This study consists of a bibliographical research, with an examination of the literature on the subject of domestic and family violence against women, as well as documental research, through which an analysis of the data extracted from criminal records recorded in the county of Braço do North / SC, distributed between 2016 and 2018. The procedure method presented a statistical character and the level of the research was classified as descriptive. Based on the information contained in the criminal records, the probable factors associated with domestic and family violence against women were analyzed. The bibliographic research showed that violence against women is a historical and complex phenomenon and that Brazil has been moving towards changing this reality. With the research carried out at the Braço do Norte Forum, it was possible to verify that 79.01% of the women who register suffer domestic and family violence are between 21 and 50 years old. On the other hand, their marital status shows that 38.39% are single, we can see in women's education that almost half of them have only elementary education, 41.94% of which is fundamentally incomplete. The profession of these women can be seen that 58% of them work out, that is, have their income. It can also be noticed that 74.29% of the women have children. In relation to the given aggressor it can be seen that 69.04% of the victims have a close relationship being a cohabitant, girlfriend or even wife. The family income of these families showed that 12.58% of families live with more than one to two minimum wages. The results of this study showed a large number of criminal records reporting domestic and family violence against women in the Braço do Norte / SC Region and suggest possible factors that may be related to this situation. Thus, the analysis presented here may certainly be useful in the elaboration of effective intervention strategies, as well as in the implementation of public health and safety policies, adequate to the reality of the territory, aimed at effective reduction of the act, since undoubtedly, prevention is the most appropriate resource for combating domestic and family violence against women.
O presente trabalho tem por objetivo promover um estudo dos possíveis fatores associados à violência doméstica e familiar contra a mulher na Comarca de Braço do Norte/SC tendo por base o perfil das mulheres indicadas como vítimas em autos criminais distribuídos nos anos 2016 a 2018. O estudo consiste em uma pesquisa bibliográfica, com exame da literatura à respeito da temática da violência doméstica e familiar contra a mulher, e também em pesquisa documental, por meio da qual foi realizada uma analise dos dados extraídos de autos criminais registrados na comarca de Braço do Norte/SC, distribuídos nos anos 2016 a 2018. O método de procedimento apresentou caráter estatístico e quanto ao nível à pesquisa foi classificada como descritiva. Com base nas informações contidas nos autos criminais, analisaram-se os prováveis fatores associados à violência doméstica e familiar contra a mulher. A pesquisa bibliográfica evidenciou que a violência contra a mulher é um fenômeno histórico e complexo e que o Brasil vem caminhando no sentido da mudança dessa realidade. Com a pesquisa realizada no Fórum de Braço do Norte, foi possível verificar que 79,01% das mulheres que registram sofrer violência doméstica e familiar tem sua idade entre 21 a 50 anos. Já o seu estado civil, mostra que 38,39% são solteiras, podemos perceber na escolaridade da mulher que quase mais da metade delas possui apenas o ensino fundamental, sendo 41,94% o fundamental incompleto. A profissão dessas mulheres pode-se perceber que 58% delas trabalham fora, ou seja, tem sua renda. Pode-se perceber também que 74,29% das mulheres possuem filhos. Já em relação com o dado agressor se pode perceber que 69,04% das vítimas tem uma relação próxima sendo convivente, namorada ou até esposa. A renda familiar dessas famílias nos mostrou que 12,58% das famílias vivem com mais de um até dois salários mínimos. Os resultados deste estudo mostraram um grande número de autos criminais relatando a violência doméstica e familiar contra a mulher na Comarca de Braço do Norte/SC e sugerem os possíveis fatores que podem estar relacionados a essa situação. Desse modo, a análise aqui exibida pode, certamente, ter utilidade na elaboração de estratégias eficazes na intervenção, bem como na implementação de políticas de segurança e saúde pública, adequadas à realidade do território, que visem à diminuição efetiva do ato, já que indubitavelmente, a prevenção é o mais adequado recurso para o combate da violência doméstica e familiar contra a mulher.
Aparece nas coleções:Direito

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCC Camila PDF.pdf
  Until 9999-12-31
Monografia - CAMILA DA ROSA878.29 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir    Solictar uma cópia


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons