Adulteração de mel: análises físico-químicas de méis comercializados no município de Feira de Santana-BA

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2023-06
Tipo de documento
Artigo Científico
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Área do conhecimento
Ciências da Saúde
Modalidade de acesso
Acesso aberto
Editora
Autores
Matos de Oliveira, Amanda
Costa Cerqueira, Uislane
Orientador
Tigre Almeida Chaves, Anny Carolinny
Coorientador
Resumo
Foram analisadas 3 amostras de marcas diferentes de mel, as quais foram adquiridas no comércio varejista da cidade de Feira de Santana-BA. As amostras foram pesadas em balança analítica e, em seguida, foram analisados o pH, a acidez titulável e a adulteração que indica a adição de outros tipos de açúcares. Para analisar a presença de açúcares, foi necessário realizar um teste que consistiu na observação de positividade na reação de Lugol. Detectou-se pH ácido para todas as amostras analisadas, a acidez titulável de acordo com a legislação brasileira e as amostras A e B estavam com a coloração alterada. Conclui-se a falta de controle de qualidade por parte das empresas que os produzem e é necessária uma fiscalização maior no comercio deste produto.

Palavras-chave
Adulteração, Acidez, Análise físico-quimicas, pH, Mel
Citação
Coleções