Alienação e auto alienação parental: como distinguir a recusa em conviver da criança.

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2022
Tipo de documento
Artigo Científico
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Área do conhecimento
Ciências Sociais Aplicadas
Modalidade de acesso
Acesso aberto
Editora
Autores
Santos, Juliano Alex dos
Silva, Weslaine Conceição
Orientador
Donzele, Patrícia Fortes Lopes
Coorientador
Resumo
A alienação parental e a autoalienação geram consequências severas na vida dos indivíduos que são, contra sua vontade, submetidos a este mal. Muitas pessoas esquecem que embora os relacionamentos amorosos possam chegar ao fim, a filiação não termina junto com a dissolução da união dos genitores. Com isso, deveria ser lógico o entendimento de que não é correto o uso dos filhos como instrumento de barganha ou vingança contra o genitor que lhe causou alguma mágoa ou raiva, já que este comportamento entre os adultos prejudica unicamente as crianças e adolescentes, que ainda em formação, se sentem confusos, sozinhos, inseguros e até mesmo culpados. O dano pode ser ainda maior, olhando pela perspectiva de que o filho envolvido na alienação e autoalienação parental pode passar do sentimento de culpa ao sentimento de raiva de si mesmo por amar quem supostamente não se importou com o destino da família. Assim, o presente artigo visa abordar objetivamente a alienação e a autoalienação parental, e como estas condutas irresponsáveis podem acarretar na recusa da criança em manter o convício com um de seus genitores. Salienta-se que o presente estudo não tem a finalidade de esgotar o tema, que é extenso e ainda suscita muitos debates na área jurídica e psicológica. A pesquisa consistirá em uma coleta de dados através de uma pesquisa bibliográfica, a fim de explanar a alienação parental e a autoalienação parental. Destaca-se que o método empregado foi o dedutivo, que possibilitou a melhor análise e síntese dos pontos de vista defendidos pelos autores estudados, a fim de deduzir o impacto da alienação parental e autoalienação parental no desenvolvimento da prole, além de identificar possíveis formas de inibir esta falha comportamental.

Palavras-chave
Alienação parental, Auto alienação parental
Citação
Coleções