Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.animaeducacao.com.br/handle/ANIMA/11050
Título: Mulheres na TI: análise da inserção e situação das mulheres na área de tecnologia da informação na Grande Florianópolis
Autor(es): Souza, Jéssica Juliane
Orientador: Ceci, Flávio
Tipo de material: Monografia
Data: 2017
Palavras-chave: Mulheres na TI
Mercado de trabalho de TI
Diferença de gênero no mercado de Tecnologia da Informação
Modalidade de acesso: Acesso aberto
Resumo: A research done by Castro in 2011 reveals that only 19% of labour force in Information Technology (IT) are women. This data reflects what is seen today in companies and universities of the Greater Florianópolis, the timid participation of women in technology area. Some social programs were created for accompany that situation more closely and help encourage women to enter the area. The objective of this work is to show some these social programs and collect samples for the analysis of women’s situation inside the area of technology in the greater Florianópolis. The samples were collected through interviews, questionnaire and information from the Human Resources (HR) of companies of technology in the greater Florianópolis. After the information was collected, the categorization of the questions was done to perform the analysis of the samples. In the face of the results obtained, it can be concluded that it was not possible to perform the quantitative analysis of women and men that are in the technology area in the greater Florianópolis, since we did not get informations enoughs of companies of the great Florianópolis.. It is possible to verify, from the answers found in the questionnaires and surveys, that in the majority of the companies and universities the participation of the women is small. As to the reasons for this absence, is found with more relevance to the issue of inequality faced by them in the area. Inside of the companies the reasons that stand out are salary inequality, lack of credibility, harassment and prejudice. In the universities they also feel the prejudice, however 51% of the subjects affirmed that the didactic of the teachers ends up discouraging the students. There are socials moviments that supports women those already or willing to be in the IT area and motivate women still have afraid or doubt to enter in the area.
Uma pesquisa feita por Castro em 2011 revela que apenas 19% dos trabalhadores da área de Tecnologia da Informação (TI) são mulheres. Este é um dado que reflete o que se vê nas empresas e universidades da Grande Florianópolis, a tímida participação de mulheres na área de tecnologia. Alguns programas sociais foram criados para acompanhar esta situação mais de perto e ajudar a incentivar as mulheres a ingressarem na área. O objetivo deste trabalho é mostrar alguns destes programas sociais e coletar amostras para análise da situação das mulheres dentro da área tecnológica da Grande Florianópolis. As amostras foram coletadas através de entrevistas, questionários e informações de RH das empresas de tecnologia da Grande Florianópolis. Após informações coletadas, foi feita a categorização das perguntas para realizar a análise das amostras. Diante dos resultados obtidos, pode-se concluir que não foi possível realizar a análise quantitativa de mulheres e homens que estão na área de tecnologia da Grande Florianópolis, pois não foram obtidas informações suficientes das empresas. Pode-se verificar, com as respostas encontradas nos questionários e pesquisas, que na maioria das empresas e universidades a participação das mulheres é pequena. Quanto aos motivos para esta ausência, encontra-se com mais relevância a questão da desigualdade enfrentada por elas na área. Dentro das empresas os motivos destacados são desigualdade de salário, falta de credibilidade, assédio e preconceito. Nas universidades elas também sentem o preconceito, porém 51% das questionadas afirmaram que a didática dos professores acaba desmotivando as alunas. Existem movimentos sociais que apoiam as mulheres que já se encontram ou tem vontade de estar na área de TI e motivam mulheres que ainda possuem medo ou dúvida para entrar na área.
Aparece nas coleções:Sistemas de Informação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCC_Jessica.pdf4.81 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons